Pen-drive bootável pelo terminal

Apesar de hoje existirem diversos programas para gravarmos uma distribuição em um pendrive, como o UNetbootin e USB ImageWriter, em ambientes Unix-Like existe o clássico comando dd, com ele é possível fazer uma cópia exata de um arquivo. Com o “dd” é possível efetuar uma cópia bit a bit, sendo possível assim copiar uma imagem .iso.

Sua sintaxe é simples:

# dd if=/path/to/file.iso of=/path/to/destiny

Primeiro vamos descobrir qual é o nosso pen-drive:

# fdisk -l 

E aonde está montado:

# mount -l | grep ^/dev
/dev/sda1 on / type ext4 (rw,relatime,errors=remount-ro,data=ordered)
/dev/sda3 on /home type ext4 (rw,relatime,data=ordered)
/dev/sdb1 on /media/tadeu/Ubuntu-GNOME 16.10 amd64 type iso9660 (ro,nosuid,nodev,relatime,uid=1000,gid=1000,iocharset=utf8,mode=0400,dmode=0500,uhelper=udisks2) [Ubuntu-GNOME 16.10 amd64]

E criamos o pen-drive bootável com o dd:

# dd if=/home/tadeu/Downloads/ubuntu-gnome-16.10-desktop-amd64.iso of=/dev/sdb
bs=4M;sync  
354+1 registros de entrada
354+1 registros de saída
1485881344 bytes (1,5 GB, 1,4 GiB) copied, 79,2328 s, 18,8 MB/s

Done.